A sociobiodiversidade do Cerrado da morraria como herança do futuro
Descrição

Projeto localizado no município de Cáceres – MT. Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

O projeto beneficiará cerca de 120 famílias tradicionais morroquianas espalhadas em 15 comunidades, em uma área de 11 mil hectares. As famílias dependem da água para continuar suas atividades produtivas. Atualmente elas são abastecidas com a água de um poço, que também é usada para processar e beneficiar o mesocarpo do babaçu que fabrica a farinha que, por sua vez, é usada na produção de pães e biscoitos fornecidos para a alimentação de 580 alunos da escola rural Buriti da comunidade. O grupo, por meio da Associação Regional das Produtoras Extrativistas do Pantanal, pretende se organizar e investir no beneficiamento de outros produtos nativos do Cerrado e na produção de hortifrutigranjeiros. Mas, para isso, é necessário reparar esses problemas. Dessa maneira, o projeto A sociobiodiversidade do Cerrado da morraria como herança do futuro visa contribuir para gerar conhecimentos e aprendizados sobre os impactos da degradação socioambiental e viabilizar ações de reparação, recuperação e preservação dos recursos naturais com vista à sustentabilidade das comunidades da Morraria.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Associação Regional das Produtoras Extrativistas do Pantanal
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Acordo de Cooperação Técnica
Descrição

Breve descrição: Acordo de Cooperação Técnica para a promoção da regularização ambiental dos imóveis rurais no Estado de Mato Grosso, decorrentes das ações para implementação dos componentes 1 e 2 do Projeto de Cooperação Brasil - Alemanha para regularização ambiental de imóveis rurais na Amazônia e em áreas de transição para o cerrado. PARTÍCIPES: O MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, por intermédio do SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO - SFB, e o ESTADO DO MATO GROSSO por intermédio da SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE - SEMA. VIGÊNCIA: 48 (quarenta e oito) meses a partir da data de assinatura em 11/07/2018.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável Assistência Técnica
Status da iniciativa
Em execução
Montante de Financiamento
-
Parceiros
  • Líder: MMA/SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO
  • Parceiros: SEMA/MT
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Agreement Carrefour - Mato Grosso IMAC - Instituto Mato Grossense da Carne
Descrição

Parceria para venda de carne com garantia de origem certificada pelo IMAC nas lojas da rede Carrefour .

O Governo do Mato Grosso, através do Instituto de Carnes de Mato Grosso (Imac), é parceiro da iniciativa do grupo Carrefour que estabelece a rastreabilidade de carne produzida de forma sustentável que será revendida nos supermercados da rede. O programa foi lançado em agosto de 2016.

Com base em uma política nacional para a compra de carne fresca, a empresa adotou um sistema para monitorar os processos de produção e as práticas socioambientais de todos os seus fornecedores no país. A ferramenta será implementada em parceria com os 22 fornecedores de carne fresca que fornecem à empresa e que devem cumprir rigorosamente os critérios e boas práticas estabelecidos nesta política. A iniciativa reforça o compromisso global do Grupo Carrefour de reduzir o desmatamento e seu compromisso em manter parcerias que promovam práticas de produção sustentáveis.

Tipo de Iniciativa
Preferential Sourcing Agreement
Status da iniciativa
Under implementation
Parceiros
  • IMAC - Instituto Mato Grossense da Carne and Carrefour
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Agregação de valor e consolidação de mercados sustentáveis através da coleta e beneficiamento dos frutos do Cerrado
Descrição

Projeto localizado na comunidade Negra Rural do Quilombo Ribeirão do Mutuca pertence ao Quilombo Mata Cavalo, município de Nossa Senhora do Livramento (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

Numa região rica em baru, pequi e outras frutas típicas do Cerrado, o projeto Agregação de valor e consolidação de mercados sustentáveis através da coleta e beneficiamento dos frutos do Cerrado irá desenvolver a capacitação interna produtiva da comunidade, com o objetivo de acessar mercados. Para isto, será implantada uma unidade de beneficiamento, incentivando boas práticas de coleta, qualificando beneficiários e promovendo estudos de mercado e plano de negócios para a cadeia produtiva. O projeto, proposto pela Associação da Comunidade Negra Rural do Quilombo Ribeirão da Mutuca, também prevê produção de material de divulgação para comunicar e difundir a iniciativa quilombola.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Amazônia SAR
Descrição

A Amazônia SAR implementa um sistema de detecção de desmatamento utilizando radar de imagem orbital para monitorar 950.000 km 2 por ano (23% do bioma Amazônia). Do total de terras monitoradas, 764.000 km 2 são compostas de áreas sob maior pressão de desmatamento, 144.000 km 2 estão no estado do Amapá e outros 5% de pontos isolados no bioma Amazônia serão monitorados devido à demanda específica.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 20.783.439,87
Parceiros
  • Governo Federal / Ministério da Defesa - Centro de Operações e Gestão do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Apoio a articulação da produção extrativista e de sistemas produtivos sustentáveis do Vale do Guaporé
Descrição

Projeto localizado nas aldeias indígenas Chiquitano Acorizal e Fazendinha, em Pontes e Lacerda (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

a Associação do Centro de Tecnologia Alternativa (CTA) vai assessorar as aldeias indígenas Chiquitano Acorizal e Fazendinha na execução de projeto de fortalecimento ao desenvolvimento territorial. A iniciativa pretende restaurar e proteger áreas degradadas nas nascentes do Córrego Fazendinha; melhorar e adequar o sistema de captação de água para fornecimento nas aldeias; apoiar atividades socioculturais, produtivas e de acesso a mercado.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Centro de Tecnologia Alternativa (CTA)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Bombeiros Florestais do Mato Grosso
Descrição

Apoiar ações para monitorar, prevenir e combater o desmatamento resultante de incêndios florestais e queimadas não autorizadas no estado de Mato Grosso por meio de treinamento operacional e compra de aeronaves, veículos e equipamentos de apoio para a Base de Operações Aéreas e Terrestres do Corpo de Bombeiros Militar do estado de Mato Grosso. Mato Grosso.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
US $ 7.470.856,26
Parceiros
  • Estado do Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Buriti Springs
Descrição

A Buriti Springs fortalece a gestão ambiental municipal no município de Carlinda, no estado de Mato Grosso, estruturando fisicamente a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, juntamente com os esforços para recuperar 1.722 hectares de áreas de preservação permanente ao redor do Buriti Springs.

Tipo de Iniciativa
Gestão ambiental
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 1.202.868,95
Parceiros
  • Município de Carlinda
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Cadeias de Valor da Agricultura Familiar no Estado do Mato Grosso
Descrição

Fortalece de maneira abrangente a agricultura familiar em municípios da região sudeste do estado de Mato Grosso (i) implementando e consolidando sistemas agroflorestais, (ii) auxiliando estruturas coletivas para processamento de produção e (iii) estruturando canais de comercialização para produtos de sistemas agroflorestais. A iniciativa beneficia tanto os agricultores familiares quanto as comunidades indígenas no Portal da Amazônia, bem como assentamentos de reforma agrária estaduais e federais.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Parceiros
  • Associação do Centro de Tecnologia Alternativa (CTA)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Capacitando Monitoramento e Controle Ambiental para Combater o Desmatamento Ilegal na Amazônia Brasileira
Descrição

Capacita o monitoramento e controle ambiental para combater o desmatamento ilegal na Amazônia brasileira durante um período de 15 meses nas regiões sob maior pressão de desmatamento; utiliza caminhões e helicópteros para reforçar ações no campo.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 17.662.033,20
Parceiros
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
CAR Mato Grosso do Sul
Descrição

O CAR Mato Grosso do Sul apoia a implementação do Registro Ambiental Rural (CAR) no estado de Mato Grosso do Sul para beneficiar diretamente 69 municípios em três diferentes biomas: Cerrado, Pantanal e Mata Atlântica.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 3.682.362,80
Parceiros
  • Instituto Ambiental do Estado do Mato Grosso do Sul (Imasul)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Cooperação técnica para o REM
Tipo de Iniciativa
Assistência técnica institucional
Status da iniciativa
Em execução
Montante de Financiamento
1.000.000,00 EUA (um milhão de euros)
Parceiros
  • Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), Cooperação Técnica Alemã
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Dahöimanazé: Tradição e Sustentabilidade no Cerrado
Descrição

Projeto localizado na aldeia Wederã, correspondente a aproximadamente 80.000 hectares, localizada na porção nordeste da Terra Indígena (TI) Pimentel Barbosa, no Município de Canarara (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

Após várias discussões da comunidade da aldeia Wederã no conselho tradicional, junto à Associação Aliança dos Povos do Roncador (proponente do subprojeto Dahöimanazé: Tradição e Sustentabilidade no Cerrado), constatou-se a necessidade de obter dados sobre os recursos naturais e outros aspectos ecológicos do Cerrado. A comunidade decidiu que é a hora re-conhecer o seu território para poder preservá-lo, defendê-lo e explorá-lo de forma sustentável para as futuras gerações. Isso a partir de um plano de gestão territorial participativo/colaborativo, com coleta de dados baseada em expedições em que técnicos e comunidade revisitarão antigas áreas tradicionais, fiscalizando, reconhecendo o território e reafirmando/mantendo sua tradição.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Associação Aliança dos Povos do Roncador
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Empresa de Operações Ambientais
Descrição

Estrutura a Companhia de Operações Ambientais da Agência Nacional de Segurança Pública (FNSP), tanto física quanto operacionalmente, para realizar operações ambientais no Bioma Amazônia.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 11.796.765,00
Parceiros
  • Governo Federal / Ministério da Justiça - Força Nacional de Segurança Pública (FNSP)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Florestas Valiosas - Novos modelos de negócios para a Amazônia
Descrição

Apoia (i) a consolidação e expansão do sistema de certificação "Brazil Origins" para fortalecer as cadeias produtivas e promover produtos da sociobiodiversidade em áreas protegidas da Amazônia Brasileira, e (ii) a produção sustentável de cacau na região do Xingu para beneficiar os povos indígenas. povos, comunidades tradicionais e mais de 5.000 agricultores familiares ao redor do Xingu - um dos maiores aglomerados de áreas protegidas de floresta tropical do mundo, cobrindo 52 milhões de hectares de terra.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 5.411.041,23
Parceiros
  • Instituto de Agricultura e Manejo Florestal e Certificação (Imaflora)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Fortalecimento da gestão ambiental na Amazônia
Descrição

(i) apóia esforços para fortalecer a gestão ambiental relacionada ao desenvolvimento de políticas destinadas a prevenir e controlar o desmatamento em municípios prioritários no bioma Amazônia; (ii) apóia estudos para o avanço do diagnóstico fundiário nos estados do Amazonas, Mato Grosso, Pará e Rondônia, a fim de expandir a divulgação sobre o progresso dos esforços em andamento para a regularização generalizada do título fundiário no estado do Pará, e (iii) apoiar melhorias na gestão da UC na região da Calha Norte, no estado do Pará. A iniciativa beneficia a população e os servidores públicos residentes nos municípios na lista de cidades prioritárias do Ministério do Meio Ambiente para mitigar o desmatamento, bem como os povos que vivem em áreas protegidas da região da Calha Norte, no estado do Pará.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas, Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 3.194.485,79
Parceiros
  • Instituto de Pessoas e Meio Ambiente da Amazônia (IMAZON)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Fortalecimento da produção e comercialização dos produtos artesanais das mulheres indígenas na região do Araguaia
Descrição

Projeto desenvolvido na Terra Indígena Karajá, que se estende por quatro municípios: Formoso do Araguaia (TO), Lagoa da Confusão (TO), Luciara (MT) e Santa Teresinha (MT), envolvendo um total de 12 aldeias e uma área de 1.253.800 hectares. Trata-se de projeto da Janela Produtivos Orientados ao Mercado.

A venda de artesanato constitui-se uma fonte de renda para as famílias da região do Araguaia, mas as mulheres são obrigadas a vender seus produtos para atravessadores que pagam um preço muito baixo. Assim, o objetivo principal do projeto é o fortalecimento da atuação produtiva e comercial das mulheres e jovens Karajá, por meio de ações de aprimoramento das peças e elaboração de uma estratégia de comercialização eficiente. Dessa forma, prevê oficinas e consultoria para gestão administrativa (físico e financeira) da instituição proponente, gestão da produção e comercialização dos produtos, fortalecimento de estratégias de divulgação e construção de forno. Busca também o fortalecimento institucional da Casa de Cultura Karajá que, além de ser um espaço de exposição e comercialização, está investindo em um movimento de resgate e manutenção da cultura inỹ (Karajá).

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Fundação Banco do Brasil - Fundo Amazônia
Descrição

O Fundo Amazônia apoia projetos relacionados ao desenvolvimento de produção sustentável em conjunto com a conservação no bioma Amazônia. Beneficiários dos projetos apoiados pelo Fundo Amazônia incluem: comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, seringueiros, ribeirinhos, agricultores familiares, agricultores de subsistência), trabalhadores rurais envolvidos em projetos de assentamento, populações de baixa renda em risco de exclusão social, empreendimentos coletivos, economias solidárias, instituições sem fins lucrativos regidas pelo direito privado e entidades da administração pública.

Tipo de Iniciativa
Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 7.550.588,95
Parceiros
  • Fundação Banco do Brasil (FBB)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Fundação Banco do Brasil - Fundo Amazônia / Fase 2
Descrição

A Fase II do Fundo Amazônia apóia projetos que facilitem o desenvolvimento de atividades produtivas que promovam a conservação e o uso sustentável do Bioma Amazônico; a iniciativa beneficia comunidades tradicionais (povos indígenas, quilombolas, seringueiros, ribeirinhos, agricultores familiares, agricultores de subsistência), trabalhadores rurais envolvidos em projetos de assentamento e populações de baixa renda em risco de exclusão social.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 4.979.666,36
Parceiros
  • Fundação Banco do Brasil (FBB)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Fundo Kayapó
Descrição

O Fundo Kayapó é um mecanismo financeiro e operacional de longo prazo que fornece apoio a organizações Kayapó que incentivam atividades produtivas sustentáveis, fortalecem instituições, evitam o desmatamento e conservam a biodiversidade e a proteção territorial. O fundo beneficia comunidades indígenas Kayapó que vivem em terras indígenas (TIs) Kayapó, Menkragnoti, Baú e Badjonkôre, na região sul do estado do Pará; e TI Capoto-Jarina, na região norte do estado de Mato Grosso.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 10.583.004,57
Parceiros
  • Fundo Brasileiro da Biodiversidade (FUNBIO)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Indo verde
Descrição

A Going Green ajuda a mobilizar atores locais em 12 municípios nos estados de Mato Grosso e Pará para a adesão ao CAR. A iniciativa também utiliza imagens de satélite para monitorar o desmatamento na região em benefício dos conselhos municipais locais e produtores rurais.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
$ 8.117.294,91
Parceiros
  • Instituto de Conservação Ambiental - The Nature Conservancy of Brazil (TNC Brasil)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Informações florestais para apoiar os setores público e privado nas iniciativas de gestão
Descrição

Breve descrição: O objetivo da Cooperação Técnica (TC) é implementar o Inventário Florestal Nacional (IFN) no bioma Cerrado e consolidar o Sistema Nacional de Informações Florestais (NFIS) como instrumento de política, capaz de produzir informações oportunas e de qualidade para os tomadores de decisão. os setores público e privado. O projeto contribuirá para a promoção de programas sustentáveis ​​destinados a mitigar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) no Cerrado. Também visa promover parcerias com os Estados e outras instituições da região para promover o intercâmbio e disseminação de informações. O projeto faz parte do Plano de Investimentos (PI) do Brasil para o Programa de Investimento Florestal (FIP), que visa promover o uso sustentável da terra e a melhoria do manejo florestal no Bioma Cerrado, ajudando a reduzir a pressão sobre as florestas remanescentes. emissões de gases de efeito estufa (GEE) e aumento do sequestro de carbono. Financia a geração e disseminação de informações florestais para apoiar os setores público e privado em iniciativas de manejo voltadas à conservação e valorização dos recursos florestais no bioma Cerrado.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável Assistência Técnica
Status da iniciativa
Realizado de junho de 2014 a junho de 2018 (48 meses)
Montante de Financiamento
USD 24.450.000
Parceiros
  • Fundo de Investimento em Clima - Programa de Investimento Florestal com 26 parceiros
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Inventário Florestal Nacional - A Amazônia
Descrição

Implementa o Inventário Florestal no Bioma Amazônia para produzir informações sobre recursos florestais, estoques de carbono e uso do território por populações regionais.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 31.999.485,00
Parceiros
  • Governo Federal / Serviço Florestal Brasileiro (SFB)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
IREHI - Cuidando do Território
Descrição

A iniciativa IREHI beneficia comunidades indígenas nas TIs Menkü, Manoki, Pirineus de Souza e Marãiwatsédé ao concluir e implementar Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA).

Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 2.096.159,68
Parceiros
  • Operação Nativa da Amazônia (OPAN)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Mato Grosso Sustainable Landscapes Initiative ISLA
Descrição

IDH tem um memorando de entendimento assinado com o Governo do Estado de Mato Grosso, que é uma das jurisdições que compõem o projeto de Paisagens Sustentáveis, como resultado da parceria IDH com o Governo da Noruega.

Dentro deste projeto, o trabalho em Mato Grosso possui três eixos de ação principais:

• Governança: apoiar o desenvolvimento de políticas a nível estadual

• Finanças: atrair investimentos internacionais para atividades de conservação rentáveis

• Mercado: cadeias de suprimentos e áreas de abastecimento verificadas.

Tipo de Iniciativa
Technical Assistance Partnership
Status da iniciativa
Under implementation
Parceiros
  • IDH
  • Government of the State of Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Mato Grosso Sustentável
Descrição

O Mato Grosso Sustentável fornece apoio para (i) consolidar o Bioma Amazônico em Unidades de Conservação, (ii) fortalecer inspeções e licenciamento ambiental estadual e (iii) descentralizar a gestão ambiental estadual.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 14.932.820,16
Parceiros
  • Estado do Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Memorandum of Understanding Between Aprosoja, ABIOVE, FEFAC, FEDIOL & IDH
Descrição

Reconhecimento de programas sustentáveis ​​de produção de soja em Mato Grosso como garantia de abastecimento de importadores europeus.

Em 19 de janeiro de 2017, foi assinado um Memorando de Entendimento (MoU) pela AproSoja, ABIOVE, FEFAC, FEDIOL e IDH na Embaixada do Brasil em Lisboa. O objetivo do acordo é fortalecer a cooperação na área de produção de soja responsável no Brasil. O Brasil desenvolveu legislação abrangente e detalhada para preservar sua rica biodiversidade, notadamente o Código Florestal Brasileiro. Esta forte regulamentação conduz a uma substancial proteção e regeneração de habitats naturais nas propriedades privadas dos produtores rurais brasileiros, que enfrentam um desafio de competitividade, pois esse tipo de legislação difere fortemente do que é feito no resto do mundo.

Os signatários do MoU reconhecem que a implementação da legislação ambiental exige ações de apoio coordenadas e significativas dos agricultores e dos parceiros da cadeia de suprimentos para preservar o equilíbrio entre os objetivos ambientais e de proteção social e a viabilidade econômica da agricultura brasileira. O programa Aprosoja / ABIOVE Soja Plus e as diretrizes da FEFAC Soy Sourcing desempenham um papel importante na consecução do objetivo comum de melhorar a sustentabilidade da produção de soja no Brasil, em paralelo com as iniciativas de paisagem e restauração, incluindo o Programa de Regularização (PRA), em colaboração com IDH.

Tipo de Iniciativa
Preferential Sourcing Agreement
Status da iniciativa
Signed (2017) and under implementation
Parceiros
  • Abiove
  • Aprosoja
  • Fefac
  • Fediol
  • Idh
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
MIP Althelia
Descrição

Criação de uma plataforma de negociação para créditos de carbono e um fundo de private equity para investimentos.

O Fundo Althelia apresentou uma Declaração de Interesse Público ao Governo do Estado de Mato Grosso, através do MTPar, para a criação de uma plataforma de negociação de crédito de carbono e um fundo de private equity para investimentos em oportunidades de negócios com impacto ambiental positivo.

Tipo de Iniciativa
Private Investment
Status da iniciativa
Economic modeling and legal execution
Parceiros
  • Althelia Climate Fund
  • MTPar
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Monitoramento Ambiental dos Biomas Brasileiros
Descrição

O Monitoramento Ambiental dos Biomas brasileiros alcança três objetivos: (i) Desenvolvimento e implantação de sistemas de monitoramento de desmatamento nos biomas Mata Atlântica, Caatinga, Pampa e Pantanal; (ii) Cálculo de emissões de CO 2 para áreas desmatadas e criação de uma proposta de Emissão Florestal. Nível (FREL) para cada bioma, a ser fornecido à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) (iii) Desenvolvimento de plataforma para análise e visualização de vastos dados geoespaciais para beneficiar todo o território nacional através do desenvolvimento de plataformas.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas, Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 15,911,139.52
Parceiros
  • Fundação Ciência, Aplicações e Tecnologia Espacial (FUNCATE) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Monitoramento Ambiental via Satélite no Bioma Amazônia
Descrição

Apoia o desenvolvimento de estudos sobre uso e cobertura da terra no bioma Amazônia; amplia e aprimora o monitoramento ambiental por satélites, conforme realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 27.783.399,45
Parceiros
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) / Fundação Ciência, Aplicações e Tecnologia Espacial (FUNCATE)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Nascentes da Amazônia
Descrição

Fornece apoio para fortalecer a gestão ambiental municipal em Alta Floresta através da realização de diagnósticos ambientais para permitir o registro de pequenas propriedades rurais no programa de Registro Ambiental Rural (CAR); promove esforços para recuperar áreas degradadas de preservação permanente localizadas próximas a nascentes em pequenas propriedades.

Tipo de Iniciativa
Titulação e registro de terras
Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
$ 1.554.863,82
Parceiros
  • Município de Alta Floresta, no estado do Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
PECSA
Descrição

A Pecsa é uma empresa de gestão e parceria agrícola fundada em junho de 2015, com sede em Alta Floresta, no norte de Mato Grosso. A empresa promove a cadeia de produção de gado sustentável na Amazônia através de parcerias, tecnologia e investimentos. A Pecsa fez parceria com o Althelia Climate Fund. O fundo investe em iniciativas sustentáveis ​​de uso do solo que geram retornos financeiros e benefícios ambientais, como a redução do desmatamento.

Tipo de Iniciativa
Private Investment
Status da iniciativa
Under Implementation
Fonte de financiamento
Althelia Climate Fund
Parceiros
  • Althelia Climate Fund
  • Pecsa
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Pequenos projetos eco-sociais na Amazônia
Descrição

Pequenos projetos eco-sociais na Amazônia apóia quatro chamadas públicas-por-submissão para seleção e financiamento de projetos socioambientais de baixo custo com foco em agricultores familiares e comunidades tradicionais que vivem no bioma Amazônia nos estados do Maranhão, Mato Grosso e Tocantins.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 6.456.480,19
Parceiros
  • Sociedade, Instituto da População e da Natureza (ISPN)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Plano de Ação de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas em Mato Grosso (PPCDQ)
Descrição

O Plano de Ação de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas em Mato Grosso (PPCDQ) tem um cunho mais operacional. Desde 2006 teve duas fases de implementação (2006 a 2010 e 2011 a 2016) e foi renomeado em sua terceira fase para Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Incêndios Florestais do Estado de Mato Grosso (PPCDIF/MT). Ele representa um conjunto de ações estratégicas para prevenir e controlar o desmatamento e incêndios florestais em Mato Grosso estruturadas em 4 linhas de ação com os objetivos respectivos: Planejamento Territorial, Monitoramento e Controle, Promoção de Atividades Sustentáveis e Governança e Gestão Executiva[1]. No âmbito do PPCDIF e em complementação aos instrumentos federais de monitoramento de desmatamento das áreas florestais da região Amazônica (PRODES e DETER-INPE), o Estado de Mato Grosso através da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) possui um sistema que realiza o monitoramento e quantificação do desmatamento em todo o território de Mato Grosso incluindo áreas florestais e não-florestais.

O Plano de Ação de Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas estabeleceu um quadro de ações coordenados no nível estadual, com o objetivo de atingir a meta estadual voluntária de redução de emissões florestais, que está alinhada com a meta federal.Além disso, o PPCDQ busca aumentar os esforços de desenvolvimento sustentável do Estado. A primeira Fase do Plano foi de 2010-2013 e a segunda Fase foi de 2014-2016. A terceira fase está sendo desenvolvida atualmente para o período 2017-2019 com o apoio do ICV e do IPAM.

Tipo de Iniciativa
planejamento
Status da iniciativa
implementação
Parceiros
  • Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Pojianare Nossa Mata
Descrição

Projeto localizado na Terra Indígena Bakairi, no município de Paranatinga (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

A Coordenação Indígena Tapaguia aprovou um projeto no primeiro edital do DGM Brasil que visa buscar, junto à comunidade Bakairi, uma opção para a continuidade de suas atividades culturais e sociais, com base nos conceitos de uso sustentável dos recursos naturais, maior participação da comunidade na aquisição de conhecimentos e capacitação sobre gestão ambiental e administrativa financeira. A iniciativa ainda trará a possibilidade de recuperação de áreas degradadas, enriquecimento das matas com plantio de árvores nativas e frutíferas, melhoria na qualidade do ar, da água, das plantas e da história do povo. Isso será feito por meio da construção de um viveiro de mudas na Aldeia Cabeceira do Azul e da coleta de sementes, plantio de mudas e construção de cercas para preservação dos buritizais nas Aldeias Cabeceira do Azul, Pakuenra, Paikum e Kuiakware. Pretende-se, ao longo dos dois anos do projeto, plantar cinco mil mudas de buritis e outras espécies nativas do Cerrado, recuperando e reflorestando uma área estimada em 100 hectares e construir 10 km de cercas. Assim, a ideia é recuperar os buritizais e as matas ciliares das nascentes dos rios do território, isolando-as para evitar o pisoteio de gado, e promover a melhoria na qualidade de vida do povo, garantindo a preservação da cultura e da história do povo Bakairi.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas
  • Coordenação Indigena Tapaguia
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Portal Seeds - Fase II
Descrição

Portal Seeds apóia a recuperação de áreas danificadas e fortalece a agricultura familiar na região do Portal Amazônico, no estado do Mato Grosso. A iniciativa implementa e consolida sistemas agroflorestais (SAFs) por meio de atividades que incluem o plantio de árvores, a melhoria de sistemas agroflorestais, a estruturação de canais para venda de produtos e árvores e a realização de pesquisas nas áreas de SAFs. Oito municípios da região do Portal Amazônia são os alvos: Apiacás, Alta Floresta, Carlinda, Colíder, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Santa Helena e Terra Nova do Norte.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 7.213.452,91
Parceiros
  • Instituto Outro Verde (IOV)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
PPP-ECOS na Amazônia - Fase 2
Descrição

Apoia a estruturação de cadeias produtivas sustentáveis ​​por meio de chamadas públicas no âmbito do Programa de Pequenos Projetos Ecológicos (PPP-ECOS) para beneficiar populações de povos rurais, tradicionais e indígenas, além de quilombolas, populações ribeirinhas, pescadores e comunidades extrativistas nos estados Mato Grosso, Tocantins e Maranhão, dentro dos limites da Amazônia brasileira.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Sob implementação
Montante de Financiamento
US $ 5.460.127,11
Parceiros
  • Sociedade, Instituto da População e da Natureza (ISPN)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Preservando o Porto dos Gaúchos
Descrição

Fortalece a gestão ambiental municipal através da estruturação física e operacional da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (SEMATUR) em benefício do município de Porto dos Gaúchos, no estado do Mato Grosso.

Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
US $ 72.456,76
Parceiros
  • Município de Porto dos Gaúchos, no estado do Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Prevenção de Desmatamento e Incêndios em Mato Grosso
Descrição

Prevenção de Desmatamento e Incêndios em Mato Grosso - representa um conjunto de ações estratégicas para prevenir e controlar o desmatamento e Queimadas no Estado de Mato Grosso. O Plano reúne várias ações, principalmente ligadas a órgãos governamentais, bem como projetos de uma nova série de atividades, cuja gestão e execução devem ser compartilhadas através do envolvimento do poder público, da sociedade civil organizada e segmentos produtivos e de negócios. O PPCDQ / MT está estruturado em 4 linhas de ação com os objetivos respectivos: Planejamento Territorial, Monitoramento e Controle, Promoção de Atividades Sustentáveis e Governança e Gestão Executiva.

Para o período 2006-2010, estabelecido pelo Governo do Estado como o primeiro período em seu Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas do Estado de Mato Grosso - PPCDQ / MT, o objetivo foi reduzir 64% do desmatamento no floresta, e o Estado obteve uma redução de 68,28%. Para o segundo período de compromisso, de 2011 a 2015, a redução do desmatamento foi de 75%, e uma redução de 80% foi alcançada. A primeira fase PPCDQ-MT pode ser baixada aqui . A segunda fase pode ser baixada aqui .

A partir do ano de 2017, o PPCDQ-MT, passou por um amplo processo de revisão e contou com a participação de várias secretarias de governo e representantes da sociedade civil. O processo de revisão e construção da terceira (3ª) fase do Plano teve como objetivo principal incorporar as lições aprendidas durante a primeira e segunda fases e rever a estratégia estadual no combate e controle ao desmatamento, às queimadas e os incêndios florestais. Nesse sentido, considerando-se a abrangência do plano no que diz respeito as ações de prevenção e controle de incêndios florestais, a Comissão Executiva decidiu propor uma mudança em sua denominação, passando para “Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento, Queimadas e Incêndios Florestais do Estado de Mato Grosso – PPCDIF/MT (http://www.sema.mt.gov.br/attachments/article/106/PPCDIF-MT%202017%20-%202020.pdf). Assim, por meio do Decreto nº 1.490 publicado em 15 de maio de 2018, no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso o PPCDIF/MT 3ª Fase (2017-2020) foi instituído oficialmente (http://www.sema.mt.gov.br/attachments/article/1237/DECRETO%201490-2018%20-%20%20PPCDIF-MT-2017-2020.pdf), que tem por objetivo a redução do desmatamento e incêndios florestais no Estado por meio de ações de comando e controle, ordenamento territorial e promoção de atividades sustentáveis.

No Plano o Estado de Mato Grosso buscará como meta voluntária, a eliminação do desmatamento ilegal em florestas até 2020 e também a redução de 80% (oitenta por cento) dos desmatamentos em florestas no período de 2017 a 2020, considerando a linha de base de 5.715 km² (cinco mil, setecentos e quinze quilômetros quadrados), relativa à média dos desmatamentos ocorridos nos anos de 2001 a 2010.

.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de planejamento
Status da iniciativa
Implementação
Parceiros
  • Governo do Estado
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Prevfogo / IBAMA
Descrição

A iniciativa apóia a estrutura do programa do Centro Nacional de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (PREVFOGO) tanto física como operacionalmente, além de treinar moradores locais para monitorar, prevenir e combater incêndios florestais e queimadas não autorizadas no Bioma Amazônia por meio da educação ambiental.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 6.252.557,57
Parceiros
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ​​(IBAMA)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Produce - Conserve - Include Strategy
Descrição

Objetivos de desenvolvimento sustentável para o Estado de Mato Grosso, acordados entre setor público, setor privado e sociedade civil.

O Estado de Mato Grosso, através do seu governador, lançou a "Estratégia: Produzir, Conservar e Incluir" (PCI) na Convenção sobre o Clima (COP 21) realizada em Paris em dezembro de 2015, com o objetivo de angariar fundos para o Estado de Mato Grosso para ampliar e aumentar a eficiência da produção agrícola e florestal, conservar a vegetação nativa, restaurar áreas desmatadas e degradadas, apoiar a inclusão socioeconômica da agricultura familiar e gerar reduções de emissões e seqüestro de carbono de 6 MTCO2eq controlando o desmatamento e desenvolvendo uma economia de baixo carbono. É o maior esforço global para mitigar as mudanças climáticas jamais desenvolvidas por um estado subnacional.

Esta estratégia surgiu de um processo coletivo e participativo envolvendo diferentes secretários estaduais, representantes de organizações não governamentais, empresas privadas e representantes de diferentes setores produtivos. A iniciativa baseia-se na premissa de que o Estado poderia obter melhores resultados estabelecendo uma parceria entre o setor público, o setor privado e outras partes interessadas que buscam atender a um interesse social comum.

Para a implementação da estratégia, a estrutura organizacional do Comitê de PCI - CEEPCI - foi criada, através do Decreto nº 468, de 31 de março de 2016. O Comitê é responsável por aprovar as ações desenvolvidas pelas secretarias de coordenação dos eixos temáticos , acompanhamento da implementação da estratégia e do cumprimento dos objetivos, bem como a definição de sua estrutura de governança e mecanismos de angariação de fundos.

www.pci.mt.gov.br

Tipo de Iniciativa
Public Private Partnership
Status da iniciativa
Contract expected to be signed October 2017, project will last 6 years
Parceiros
  • Government of the State of Mato Grosso through its secretariats
  • private cmpanies
  • representative entities of production
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Profisc IB
Descrição

O Profisc IB é organizado pelo Governo Federal para apoiar as atividades do Ibama para monitoramento ambiental e controle do desmatamento na Amazônia Legal.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas, Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 41.822.410,40
Parceiros
  • Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Programa ARPA – Áreas Protegidas da Amazônia
Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Em execução
Parceiros
  • Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente - MMA e gerenciado financeiramente pelo FUNBIO - Fundo Brasileiro para a Biodiversidade com recursos oriundos do Global Environment Facility - GEF, através do Banco Mundial, e do governo da Alemanha, através Banco de Desenvolvimento da Alemanha (KfW), da Rede WWF – por meio do WWF-Brasil, e do Fundo Amazônia, por meio do BNDES.
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Programa de Qualificação em Gestão Ambiental
Descrição

Apoia o fortalecimento da gestão ambiental nos 529 municípios de nove estados da Amazônia Legal por meio de: (i) treinamento e apoio técnico; (ii) disseminação de conhecimento e informação através de redes; (iii) promoção da inovação e articulação com outros níveis de governo e sociedade em geral; no marco das políticas públicas ambientais.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 9.019.941,79
Parceiros
  • Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Projeto Agroecológica Amazônia
Descrição

Fortalece as atividades econômicas sustentáveis ​​em comunidades tradicionais e indígenas por meio de uma convocação pública para a seleção de pequenos projetos e ações a serem realizadas diretamente por comunidades tradicionais, povos indígenas e agricultores familiares em vários municípios do Mato Grosso e Pará.

Tipo de Iniciativa
Meios de subsistência sustentáveis
Status da iniciativa
Sob implementação
Montante de Financiamento
$ 4,736,950.65
Parceiros
  • Federação de Agências de Assistência Social e Educacional (FASE)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Projeto Amazônia Indígena Sustentável
Descrição

O projeto beneficia comunidades indígenas nas TIs Igarapé Lourdes, Zoró, Rio Guaporé e Rio Negro Ocaia, ajudando a projetar e implementar Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTA).

Tipo de Iniciativa
Iniciativa Financeira
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 2.156.669,07
Parceiros
  • Associação em Defesa do Kanindé Etnoambiental
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Projeto Bahorure
Descrição

Projeto Bahorure, abrangerá duas Terras Indígenas (T.I.): Ubawawe, localizada no município de Santo Antônio do Leste (MT), e parte de Parabubure, localizada no município de Campinápolis (MT), contemplando diretamente 700 indígenas das aldeias Aldeia Água Limpa, Sucupira, Sete Rios, Pedra Branca e São Benedito (T.I. Ubawawe) e as aldeias Buritizal e Paraíso (T.I. Paraburure). (MT). Trata-se de projeto da Janela Resposta a Ameaças Imediatas.

A insegurança alimentar é crescente e a fome faz parte do cotidiano de grande parte das famílias, podendo ser evidenciada pelo grande número de pessoas com doenças ligadas à escassez alimentar (quantidade e qualidade), como a desnutrição infantil, diabetes, hipertensão. O resultado mais dramático dessa ameaça é a enorme taxa de mortalidade nas comunidades diretamente envolvidas: no ano de 2016, foram 15 óbitos, sendo nove de crianças, a maioria vítima de desnutrição. Assim, torna-se necessário o resgate da agricultura local, através da introdução de variedades crioulas de milho, feijão e o enriquecimento das roças. Também se faz necessário o plantio de espécies florestais nativas e exóticas de importância alimentar e cultural, que além de servirem de fonte de alimento, propiciarão a manutenção dos animais na reserva, facilitando a caça. Essas estratégias estarão associadas também à implantação de posto de vigilância e fiscalização e construção de casa de sementes. Nas aldeias Buritizal, Paraíso, Água Limpa, Sete Rios, Pedra Branca e São Benedito, será feito um trabalho de valorização do cultivo tradicional e em alguns cultivos a reinserção de espécies tradicionais que foram perdidas. Na aldeia Sucupira será implantado o viveiro, devido à maior disponibilidade de água e terra de cultivo nessa aldeia. Todas as aldeias estarão envolvidas na coleta de sementes, nos mutirões de construção e manejo do viveiro.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Projeto GEF-Terrestre Estratégias de Conservação, Restauração e Manejo para a Biodiversidade da Caatinga, Pampa e Pantanal – GEF-Terrestre
Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Em execução
Parceiros
  • Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente - MMA e gerenciado financeiramente pelo FUNBIO - Fundo Brasileiro para a Biodiversidade com recursos oriundos do Global Environment Facility - GEF, através do Banco Mundial .
  • Parceiros:
  • • Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
  • • Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ)
  • • Órgãos Estaduais de Meio Ambiente
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Proteção étnico-ambiental para povos indígenas isolados ou recentemente contatados na Amazônia
Descrição

Essa iniciativa de proteção fornece apoio e proteção a populações indígenas isoladas e recém-contatadas em todo o bioma amazônico, a fim de estabelecer limites físicos e proteger recursos naturais em áreas assentadas dentro dos territórios desses grupos e áreas circunvizinhas. O projeto visa ajudar a reduzir o desmatamento na Amazônia.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 7.514.829,72
Parceiros
  • Centro de Trabalho Indígena (CTI)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Práticas e posturas, atitudes pela soberania alimentar no Xingu
Descrição

Projeto localizado no baixo, médio e leste do Território Indígena do Xingu. Trata-se de projeto da Janela Produtivos Orientados ao Mercado.

A iniciativa Práticas e posturas, atitudes pela soberania alimentar no Xingu, proposta pelo Instituto Socioambiental, tem como estratégia atuar de maneira a impulsionar as experiências de implantação de Sistemas Agroflorestais para contribuir com a recuperação de capoeiras e a produção de alimentos, fortalecendo também o diálogo entre os sistemas agrícolas tradicionais. O projeto possibilitará um espaço de intercâmbio entre as aldeias Samaúma, Capivara e Tuba Tuba, além de outras comunidades, com foco na superação dos desafios colocados hoje e a contextualização política das questões ligadas à soberania alimentar no baixo, médio e leste do Território Indígena do Xingu.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas
  • Instituto Socioambiental
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Recuperando Marcelândia
Descrição

Melhora a gestão ambiental municipal e a recuperação de áreas degradadas ao redor de cinquenta nascentes na sub-bacia do rio Manissauá-Missu para beneficiar a população local próxima à área urbana de Marcelândia.

Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
$ 321.563,81
Parceiros
  • Município de Marcelândia
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Recuperação de área degradada
Descrição

Projeto localizado na Terra Indígena Marãiwatsede, próxima ao município de Alto Boa Vista (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

A Terra Indígena Marãiwatsede encontra-se com mais de 70% de sua área desmatada em função de invasões promovidas por políticos da região, desde 1995, comprometendo seriamente a flora e a fauna, o que contribuiu para a ausência de animais silvestres e diversas plantas indispensáveis para a sobrevivência física e cultural de seu povo. Devido ao desmatamento promovido pelos invasores, atualmente só se encontra capim na área. Não existe mais caça e nem peixe. Alimentos do Cerrado como frutos, coquinhos, plantas medicinais e mel diminuíram, provocando a substituição da alimentação com produtos tradicionais pelos alimentos industrializados. Também se tem perdido a matéria prima tradicional para fazer arcos e embiras para enfeite. Além disso, o desmatamento fez com que várias represas secassem. As que permaneceram estão com seus volumes de água muito baixos. Nesse sentido, a Associação Boui Marãiwatsede propõe o cultivo de plantas nativas e frutíferas, visando à recuperação de áreas degradadas e das principais nascentes na TI Marãiwatsede, com o plantio de buriti, babaçu e demais espécies da região, a fim de contribuir com o aumento do volume de água, bem como de recursos para alimentação e de materiais para a produção de artesanatos, enfeites e rituais. A TI Marãiwatsede está próxima do município de Alto Boa Vista (MT). A vegetação original predominante é de Cerrado, mas a área hoje está ocupada por capim braquiária. O projeto será implantado nas aldeias Aopa, Etewawe, Madzaze e Marawatsede, sendo o monitoramento do trabalho feito a partir da aldeia Aopa.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Associação Boui Marãiwatsede
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
REDD+ Early Movers Program
Descrição

Implementação do programa de pagamento - por desempenho no montante de 17 milhões de euros do governo Alemão e de 23,9 milhões de Libras oriundos do Reino Unido. O Programa Alemão Pioneiros em REDD (REDD Early Movers - REM) é iniciativa do Ministério Federal Alemão para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (BMZ) e implementado pelo Banco de Desenvolvimento. KfW e a Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ). Seu objetivo é apoiar atores que assumiram riscos e implementaram iniciativas pioneiras de REDD+. O Programa REM fomenta a conservação das florestas e a redução de emissões de CO2 oriundas do desmatamento. O fomento se realiza através de pagamentos por resultados de redução de emissões, devidamente monitorados e verificados, provenientes do desmatamento. As iniciativas de REDD+, que necessariamente devem envolver os povos indígenas, as comunidades tradicionais, os atores da fronteira agrícola e as instituições públicas; recebem apoio técnico e financeiro para promover a conservação da floresta, contribuindo para a mitigação das mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável.

Tipo de Iniciativa
Pay for Performance Agreement
Status da iniciativa
Contract under development
Fonte de financiamento
KfW (Germany), BEIS(UK)
Montante de Financiamento
EUR 17 million + Libras 23,9 milhões
Parceiros
  • KfW (Germany)
  • BEIS(UK)
  • State Government of Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Rede de Sementes do Xingu Pluriétnica
Descrição

As atividades serão realizadas em localidades da TIX e no município de Canarana (MT), sede da Associação Rede de Sementes do Xingu. Há ações previstas nas aldeias Piyulaga, Moygu e Arayo da etnia Waurá, Ikpeng, Yudja, nos municípios de Gaúcha do Norte e Feliz Natal (MT). Trata-se de projeto da Janela Produtivos Orientados ao Mercado .

Assim, a proposta Rede de Sementes do Xingu Pluriétnica tem por finalidade fortalecer a interlocução intercultural dos povos indígenas da TIX nos diversos processos da cadeia produtiva das sementes florestais, para que ocupem espaços mais abrangentes de tomada de decisão e de representação, e favorecer o aumento da produção de sementes, bem como compreender melhor as relações de gênero e econômicas que permeiam a participação dos xinguano na Rede.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Sementes da Vida
Descrição

Projeto localizado no Município de Canarara (MT), comunidade Xavante. Trata-se de projeto da Janela Produtivos Orientados ao Mercado.

A Associação Xavante Ripá Pimentel Barbosa une esforços pelo fortalecimento da soberania alimentar da comunidade Xavante. O projeto Sementes da Vida tem como objetivo desenvolver a autonomia e o controle dos processos da cadeia produtiva de sementes nativas e, para isto, prevê ações de estruturação de grupos coletores, construção de espaços multiusos para armazenamento de sementes, realização de feiras e divulgação das atividades.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Associação Xavante Ripá Pimentel Barbosa
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Sementes de portal
Descrição

A Portal Seeds dissemina sistemas agroflorestais que unem o uso sustentável da floresta e a geração de renda no Portal da Amazônia dentro do estado do Mato Grosso. Além disso, Portal Seeds capacita agricultores familiares da comunidade indígena Terena para a coleta de sementes para sistemas agroflorestais, além de restabelecer áreas protegidas permanentes e reservas legais para promover a recuperação ambiental de 1.200 hectares de terras degradadas.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Áreas Protegidas
Status da iniciativa
Concluído
Montante de Financiamento
US $ 3.113.963,05
Parceiros
  • Instituto Ouro Verde (IOV)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Sentinelas da floresta
Descrição

As Sentinelas Florestais aumentam a renda das comunidades extrativistas, fortalecendo o setor da castanha, da coleta ao enriquecimento e à comercialização. A iniciativa abrange oito municípios do estado de Mato Grosso (Aripuanã, Brasnorte, Castanheira, Colniza, Cotriguaçu, Juara, Juína e Juruena), com foco em quatro etnias indígenas (Apiaká, Caiaby, Munduruku e Cinta Larga), a própria COOPAVAM, composto por extrativistas do assentamento Vale do Amanhecer e pela Associação de Mulheres do Cantinho da Amazônia (AMCA), oriunda do COOPAVAM.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
US $ 2.195.440,85
Parceiros
  • Cooperativa dos Agricultores do Vale do Amanhecer (COOPAVAM)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Sistema Estadual de REDD+ (SISREDD+)
Descrição

Além dessas, a principal política com foco em REDD+ veio com a Lei 9.878, em 2013, que estabeleceu o Sistema Estadual de REDD+ (SISREDD+) com o objetivo de promover a redução progressiva, consistente e sustentada do desmatamento e demais atividades emissoras de gases de efeito estufa com abrangência em todos os biomas de Mato Grosso, com vistas ao alcance das metas do PPCDQ, da Política Estadual de Mudanças Climáticas, e da Política Nacional de Mudança do Clima e demais legislação pertinente. A lei permitiu firmar uma governança específica com o estabelecimento do Conselho gestor de REDD+ e possibilitou a captação de pagamento por resultados. Existem diversas perspectivas sendo hoje trabalhadas para essa captação. O Fundo Althelia está por exemplo desenvolvendo uma Manifestação de Interesse Privado (MIP) para estruturar uma plataforma de comercialização de créditos de carbono, um fundo de impacto (ver menção na p.6) e um aporte para finalizar o sistema de REDD+. O Fundo Permian está discutindo a gestão do mosaico de unidades de conservação do noroeste de Mato Grosso com recursos de REDD+. O KFW e o BEIS do Reino Unido estão nas fases finais de um investimento do valor total de 178 milhões de reais através do programa REDD+ para Pioneiros(REDD+ for Early Movers -REM/MT) que visa recompensar e reconhecer o esforço de mitigação das mudanças climáticas dos pioneiros do REDD em Mato Grosso.

Tipo de Iniciativa
REDD+ Estadual
Status da iniciativa
implementação
Fonte de financiamento
KFW, BEIS, Altheria
Parceiros
  • KFW
  • BEIS
  • Altheria
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
TFA2020 - Accession of Mato Grosso to TFA to Support Sustainable Development in the Jurisdiction
Descrição

Os objetivos de produção, conservação e inclusão de PCI são compartilhados por muitos membros da plataforma TFA 2020, aqui na região e no mundo, tornando a associação uma oportunidade para acessar múltiplas experiências concretas, possibilidades de parcerias, articulações, intercâmbios e construções compartilhadas.

A adesão também fortalece a projeção internacional do Estado de Mato Grosso, colocando junto com importantes atores do governo em apoio e incentivo desta agenda, como os governos da Noruega, Reino Unido, Colômbia, Estados Unidos e Holanda, de empresas multinacionais como Cargill, Marfrig, Kellogg, Mars, McDonald's, Nestlé, Unilever e Walmart, agentes financeiros e organizações líderes da sociedade civil na área de conservação e serviços ambientais.

O TFA 2020 tomou a abordagem jurisdicional como uma opção estratégica para enfrentar os desafios relacionados à redução do desmatamento associado às commodities.

O TFA elegeu 5 jurisdições prioritárias em todo o mundo para trabalhar em parcerias bilaterais e também para promover articulações entre elas, sendo Mato Grosso sendo uma delas.

Tipo de Iniciativa
Public Private Partnership
Status da iniciativa
Under Implementation
Parceiros
  • TFA
  • Government of the State of Mato Grosso
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Tsirãpré Dzawidzé: proteção do Cerrado
Descrição

Projeto localizado na Terra Indígena São Marcos, jurisdição do município de Barra do Garças (MT). Trata-se de projeto da Janela Gestão de Recursos Naturais.

Foi definido ser necessário que o povo identifique suas potencialidades e suas áreas mais vulneráveis, na perspectiva de que se apropriem de técnicas de manejo sustentável dos recursos hídricos, da fauna e flora do Cerrado para proteção e gestão territorial. Portanto, a ideia é realizar um diagnóstico socioambiental através de laudos antropológico e ambiental da região de Namunkurá, a partir do reconhecimento dos impactos dos empreendimentos implantados na região, visando a construção de estratégias de atuação e enfrentamento, e assegurando ações para empoderamento político, geracional e de gênero. As ações incluem, ainda, registros em vídeo das memórias e conhecimentos sobre a fauna, flora e recursos hídricos da região. Conduzido pela Namunkurá Associação Xavante (NAX), o projeto Tsirãpré Dzawidzé: proteção do Cerrado envolve etnomapeamentos, destacando os locais importantes para o Povo A'uwe Uptabi. Assim, espera-se que beneficie todas as aldeias da Terra Indígena São Marcos, que abrange um total de 188.478,2600 hectares: Aldeia Namunkurá, São Luís, São Gabriel, Nossa Senhora Auxiliadora, Santíssima Trindade, Nossa Senhora Aparecida e Divina Providência.

Tipo de Iniciativa
Financiamento externo não reembolsável
Status da iniciativa
Informação não encontrada
Montante de Financiamento
U$ 6,5 mi para o Brasil
Parceiros
  • DGM Brasil
  • Banco Mundial
  • Centro de Agricultura Alternativa d Norte de Minas
  • Namunkurá Associação Xavante (NAX)
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins
Uso de Tecnologias Sociais para Reduzir o Desmatamento
Descrição

Contribui para a segurança alimentar ambientalmente sustentável e geração de renda em comunidades ribeirinhas e agrícolas em comunidades influenciadas por projetos hidrelétricos nos estados do Pará, Mato Grosso, Rondônia e Tocantins, implementando unidades familiares de produção agroecológica diversificada para reduzir a pressão sobre os recursos naturais.

Tipo de Iniciativa
Iniciativa de Produção Sustentável
Status da iniciativa
Contratado
Montante de Financiamento
$ 2.799.138,85
Parceiros
  • Associação de Desenvolvimento Agrícola Interestadual - ADAI
Jurisdições
Acre Amapá Amazonas Maranhão Mato Grosso Pará Rondônia Roraima Tocantins